Qual o momento certo para se ter um mini estúdio fotográfico?

Um mini estúdio fotográfico é perfeito para quem trabalha com fotos de objetos e não possui muito espaço para construir um estúdio fotográfico grande e profissional.

Comprar um desses não vai custar muito dinheiro, uma vez que não é caro e seus acessórios são de preço acessível.

Além disso, é possível montar um mini estúdio fotográfico sozinho e em casa, apenas com materiais fáceis de encontrar e bem baratos, como folhas de papeis, régua, caneta, caixa de papelão, tesoura, fita crepe, etc.

Comprando ou construindo um, é importante investir na iluminação, uma vez que é de extrema importância para mostrar todos os detalhes do objeto que você precisa fotografar.

Momento certo para investir em um mini estúdio fotográfico

O ideal é investir em um mini estúdio fotográfico quando você começa a trabalhar com vendas de pequenos objetos.

Por exemplo, se você trabalha vendendo joias na internet pode investir em um mini estúdio fotográfico para postar fotos com boa qualidade.

Também é interessante investir em um mini estúdio fotográfico caso você trabalhe com roupas, artesanatos ou qualquer outro produto pequeno que possa ser colocado na internet.

Em todos esses casos, fotos com qualidade vão impulsionar suas vendas, por isso o momento certo para se investir em um mini estúdio fotográfico é assim que você começar a trabalhar com e-commerce ou quando suas vendas começam a crescer.

Se você já trabalha há tempos nesse ramo, vale a pena investir em um também, para sempre melhorar suas fotos.

O que um mini estúdio fotográfico precisa para tirar boas fotos?

Para conseguir vender mais com a ajuda de fotos de qualidade, é necessário bons acessórios no seu mini estúdio fotográfico.

Um detalhe é a iluminação. Um dos pontos principais na qualidade da foto é conseguir um bom ângulo para a luz. Saiba colocar seu equipamento de uma forma que não crie sombras sobre seu objeto. Assim como tomar cuidado para a foto não sair estourada com excesso de luz ou escura, com a falta dela.

Use, de preferência, lâmpadas fluorescentes, pois essas contêm a tonalidade certa de luz, evitando que a foto fique com um aspecto artificial e amarelado.

Outro acessório importante para alcançar fotos de qualidade é apostar em mais de um tipo de cor de fundo. Ou seja, o mais comum é o fundo branco, que garante fotos ótimas, mas é legal ter também fundos de outras cores, como preto, verde, azul.

Saber utilizar as outras cores de fundos pode deixar suas fotos mais criativas, dependendo do objetivo delas. Pode ser, inclusive, que começando a trabalhar com fotos, você precise mesmo mudar um pouco o tom da foto.

Esses são os itens principais para uma foto de qualidade. Lembre-se de investir também em uma câmera boa, mesmo se for de celular. Não é preciso ter uma câmera profissional, basta ter alguma de qualidade legal.

Além disso, cuide bem do seu mini estúdio fotográfico, cobrindo com um pano quando não estiver usando.

Como fazer seu próprio mini estúdio fotográfico

Para aqueles que não podem gastar muito comprando um mini estúdio fotográfico ou investir nos melhores acessórios, podem montar seu próprio mini estúdio fotográfico. É extremamente fácil e barato, não tendo segredos e nem havendo necessidades de gastar grandes quantias de dinheiro.

Materiais necessários

Há alguns materiais que vão ser necessários para a construção do seu mini estúdio fotográfico. Porém, são materiais baratos e podendo ser encontrados dentro de sua própria casa.

Você vai precisar, primeiramente, de:

  • Uma caixa de papelão
  • Uma caneta
  • Uma tesoura
  • Uma fita crepe
  • Algumas folhas de papel de seda ou de papel manteiga
  • Algumas folhas de E.V.A ou de cartolina
  • Uma régua

Passo a passo de como construir seu próprio mini estúdio fotográfico

Para começar, pegue a caixa de papelão e corte fora as abas de alguma das extremidades da caixa.

Depois de cortá-las fora, faça uma margem que tenha 5 cm na lateral da caixa. Após esse passo, corte fora essa parte também e repita o mesmo processo para as outras três laterais da caixa.

Depois de recortar as laterais da caixa, pegue a folha de papel de seda ou de papel manteiga e cole uma folha nas bordas com a ajuda da fita crepe.

Faça o mesmo no lado oposto da caixa ao que você colou a primeira folha.

Na extremidade superior também vai ser necessário colar uma folha de papel de seda ou papel manteiga com a fita crepe.

Depois de colocar a folha de papel de seda ou papel manteiga em todas as extremidades da caixa, usando fita crepe, é a hora de colar a folha de E.V.A ou de cartolina no fundo da caixa, também utilizando a fita crepe.

E pronto, está feito seu mini estúdio fotográfico. Sinta-se à vontade para decorá-lo da forma que desejar e que combinar com o trabalho que você vai realizar.

Para fotografar, coloque duas luminárias nas duas laterais da caixa, viradas para o mini estúdio fotográfico.

Algumas dicas para conseguir utilizar o máximo do seu mini estúdio fotográfico

Depois de terminar de fazer seu próprio estúdios fotográfico e sem gastar muito, é a hora de fotografar bastante e, claro, cuidar do que você construiu.

Evite ficar mudando seu mini estúdio fotográfico de lugar. Prefira deixa-lo em algum local fixo na sua casa. Isso ajuda a conservar seu mini estúdio, sem correr o risco que ele desmonte com o tempo. Além disso, você já vai saber o ângulo certo das luminárias para que elas ofereçam a iluminação desejada. Então é só acendê-las e fotografar, sem precisar toda vez ficar fazendo testes.

Outra dica sobre a iluminação é usar somente lâmpadas que sejam fluorescentes e de cor fria, pois esse tipo fornece uma luz agradável e natural. As lâmpadas que são incandescentes fornecem uma luz que fica um pouco artificial, pois possuem um tom de amarelo que interfere facilmente na cor do que você está fotografando.

E por último, sempre cubra seu mini estúdio para evitar sujeiras no fundo.