Dor nas costas

Chegar em casa e relaxar do trabalho é a melhor coisa que se pode fazer depois de um dia tão corrido! O bom seria que isso fosse verdade, mas a dor nas costas é uma realidade cruel.
Para alguns o problema chega a ser tão crônico que a busca pelo tratamento ideal se torna o foco mental do alívio.
Pensando nisso, você vai ler agora algumas dicas que podem te ajudar a lidar com a dor nas costas de forma gradativa. Mas antes, entenda as causas principais desse mal que afeta muita gente que precisa de alívio todos os dias.

Causas principais da dor nas costas
Quando a coluna lombar sofre, o corpo todo sofre. Existem 4 motivos que a deixam nessa situação. As causas principais da dor nas costas são:
-Obesidade
-Má postura
-Estresse
-Fraqueza muscular

Há outros fatores comuns que também contribuem para a intensificação da dor nas costas como:
-Maneira errada de se sentar ou de ficar de pé
-Maneira inadequada de levantar grandes pesos
-Uma combinação desses aspectos torna a dor nas costas constante e irritante. Como se pode conseguir um pouco de alívio?

Dicas para ter um pouco de alívio da dor nas costas
As dicas abaixo podem ajudar você a suportar com mais tranquilidade a dor nas costas e até a eliminá-la. Procure seguir essas dicas e você terá maior qualidade de vida. Confira:
Se precisar levantar uma quantidade maior de peso, não se movimente de forma rápida e brusca. Faça movimento leves e sempre procure dobrar os joelhos. Elimine a possibilidade de dobrar a coluna.

Não é vergonha nenhuma pedir a ajuda de um amigo, parente ou colega de trabalho na hora de levantar objetos muitos pesados. Vergonha é ter de cancelar um compromisso justamente com eles porque não pedimos ajuda quando precisamos.

Quando precisar carregar um peso, mesmo que por pouco tempo, procure equilibrar ele no seu corpo de uma maneira que não sobrecarregue nenhum dos lados de sua coluna.

Quando precisar carregar malas de viagem, não deixe de usar um carrinho para bagagem. Além disso, escolha usar bolsas e malas leves com alças laterais. Isso facilita muito a vida de quem sofre de dor nas costas.

Às vezes será necessário tirar algum peso de dentro do seu carro. Se isso for preciso, antes de levantar o peso com toda a força, aproxime-o do corpo. Só então carregue-o, mas sempre faça isso com o objeto estando o mais próximo do corpo.

Uma das melhores dicas para quem usa o aspirador de pó envolve a maneira de usá-lo. Se certifique de que o cabo do aspirador seja longo. Não passe por baixo dos móveis para aspirar o pó, mas coloque seu joelho no chão, talvez apoiando ele em cima de uma almofada. Se for preciso se abaixar um pouco, use as mãos para apoiar-se nos objetos à volta.

Se precisar trabalhar muito tempo numa mesa de escritório, varie ao máximo sua posição durante o dia, levantando-se de vez em quando e realizando algumas tarefas de pé com as mãos próximas da cintura.

Gostou das dicas? São simples, mas indispensáveis para quem precisa cuidar bem de sua coluna e diminuir a dor nas costas!

Aliviando a dor nos ombros

Você já ouviu falar na Síndrome de Atlas?
Na mitologia grega Atlas foi condenado a carregar o peso do mundo nos seus ombros. E como pesa não é?
Muitas pessoas me trazem essa queixa de sentirem sempre os seus ombros muito tensos e de não conseguirem relaxar. Hoje eu vou trazer uma sequência muito simples com movimentos que você vai fazer em poucos minutos e vai sentir o peso do mundo ir embora dos seus ombros. Vamos lá?

Para essa prática você pode estar sentado como eu ou ainda pode fazer deitado ou de pé.
Feche os seus olhos e observe como estão os seus ombros nesse momento. Se tem muita tensão, se você sente mais peso em um lado do que no outro, se está parecido. Não tente mudar nada, só observar como está agora. Segure os seus braços nessa posição e comece a fazer um movimento com o seu ombro direito para frente e para trás. No começo você pode sentir que o movimento não está fluindo muito, no entanto vá fazendo aos pouquinhos, sinta o movimento nas suas costas e eu te convido a fechar os olhos.

Quando fechamos os olhos, abrimos nossa percepção. Sinta esse movimento, para frente e para trás, de uma forma suave, leve, deixe a sua respiração livre. Faça uma pequena pausa e observe agora o ombro que você acabou de mexer e o outro. Se tiver a sensação que esse ombro está mais baixo, pode ser verdade. Se você olhar o meu ombro na câmera, talvez você veja que esse lado está mais baixo que o outro agora, nós estamos tirando as tensões e liberando a carga dos nossos ombros.

Vamos continuar, volte a segurar os seus braços e vamos fazer um movimento com o mesmo ombro de subir e descer. Como já estamos muito acostumados a ter os ombros tensos e elevados, capriche na hora de descer o ombro, pense em levar o seu cotovelo direito para baixo, para abrir mais essa região feche os seus olhos e perceba esse movimento no seu corpo. Faça algumas vezes, pause, feche os seus olhos e perceba agora o ombro direito e o ombro esquerdo, você pode até fazer um movimento dos dois lados para perceber se tem um lado mais leve ou mais solto.

Voltando mais uma vez ao mesmo movimento, ainda com o ombro direito, você vai combinar os dois movimentos anteriores, vamos fazer um círculo com o ombro, para frente, para cima, para trás e para baixo. Aos poucos sinta o movimento ficar redondo, deixe a respiração livre e sinta o efeito desse movimento no seu corpo. Mude a direção desse movimento, vá para frente, para baixo, para trás e para cima. Mudando a direção do círculo, observe o que acontece nesse movimento, que partes do seu corpo você começa a perceber porque mudou a direção. Experimente.

Você pode parar, feche seus olhos, observe agora a sensação no seu ombro direito e no seu ombro esquerdo, deixe a sua respiração livre e sinta o efeito desses movimentos no seu corpo.
Agora eu te convido a fazer toda essa sequência do outro lado para ter um efeito mais integrador e acabar com a dor nos ombros e a dor na coluna 🙂

Como começar um e-commerce passo a passo

Com o país em crise, a maioria das pessoas está cada vez mais em busca de novas oportunidades, onde eles possam ter a sua própria empresa e garantir uma vida com mais tranquilidade, inclusive financeira.
Ter um negócio próprio, apesar de ser o sonho de muitas pessoas, não é uma tarefa fácil e simples, pelo contrário, isso exige muito mais trabalho e dedicação, já que o negócio estará iniciando e precisará ocupar o seu lugar no mercado, e o mesmo acontece com o e-commerce.

Algumas pessoas acreditam que começar um e-commerce é muito mais simples do que abrir uma loja física, e que o sucesso já estará garantido, mas a realidade é muito diferente. Começar um e-commerce exige muito trabalho, estudo e pesquisa, principalmente se você pretende ter um negócio de sucesso.

Aprenda a começar um e-commerce

  • Existem alguns pontos que são cruciais para quem deseja ter uma loja virtual e não saber ao certo por onde começar.
    Montar um e-commerce não é apenas definir um layout para o site, isso não é nem ao menos a parte mais importante. Se você quer montar um e-commerce, esqueça o site e o layout por enquanto, foque a sua energia em outras atividades que são mais importantes;
  • A primeira coisa a ser levada em consideração é o tipo de negócio que você pretende ter. Você deve definir o tipo de produto que você irá comercializar e pesquisar a respeito dele antes de fazer a sai escolha definitiva. Esqueça a ideia de trabalhar com diversos nichos diferentes, segundo pesquisar realizadas, a maioria das lojas virtuais que fazem sucesso são aquelas que têm um nicho definido;
  • Quando você já tiver em mente o que você pretende vender, é necessário que você estude um pouco a respeito do seu público alvo e de quem serão os seus clientes. Esse passo será fundamental para que você possa montar uma estratégia de marketing que irá apresentar bons resultados;
  • Você deverá procurar a prefeitura da sua cidade e verificar quais os critérios que você deverá seguir para montar o seu e-commerce;
  • Defina uma estratégia de marketing logo no início e vá adaptando conforme a sua necessidade. Esse é o ponto fundamental para que a sua loja virtual apareça e para que os clientes saibam que ela existe;
    Você precisa pesquisar a respeito das formas de pagamento que você irá aceitar, assim como o frete que será utilizado. Muitos produtos podem ser entregues pelos correios, mas é importante que você já tenha em mente uma alternativa, caso seja necessário;
  • Defina o que você quer no layout do seu e-commerce. Existem empresas que realizam esse serviço para você, mas caso você mesmo queira fazer, é importante que o layout da sua loja virtual seja simples e que o cliente tenha sempre muita facilidade para pesquisar os produtos e fazer a sua compra. Você pode ter um site completo, mas isso não precisa ser necessariamente complexo e difícil de ser utilizado pelos seus clientes.

Dicas para perder o medo de falar inglês

Se mesmo depois de ter frequentado aulas de inglês você não obteve o resultado esperado e ainda sente insegurança no speaking vou te contar uma coisa que talvez lhe dê o ânimo necessário para vencer esse desafio: a culpa não é sua e sim da metodologia com que foi ensinado!

Mas como fazer para perder o medo de falar inglês?
Para perder o medo de falar qualquer idioma, devemos ter comprometimento e disciplina, acontece que também existem algumas técnicas que podem te ajudar bastante, são elas: utilizar a metodologia adequada, enfrentar o desconhecido, não ter medo de se expor e comemorar suas vitórias. Quer saber como trabalhar com cada uma dessas dicas?
Acompanhe este post e veja como falar inglês pode ser muito mais simples e prazeroso do que você imagina.

1. Utilize a metodologia mais adequada
Muitas pessoas ficam receosas de falar inglês, pois não aprenderam com as ferramentas certas, ignorando este fato, os alunos que não conseguem falar o idioma se sentem frustrados e acabam duvidando de sua capacidade de assimilar novos conhecimentos.
Para adquirir mais desenvoltura nessa tarefa, devemos ignorar as metodologias arcaicas e pouco efetivas, pesquisando outras alternativas que sejam mais eficazes no aprendizado.

2. O medo do desconhecido é normal, mas deve ser enfrentado
Quem possui habilitação para dirigir, talvez tenha sentido um pouco de medo ou um friozinho na barriga ao realizar as primeiras aulas práticas. Isso também acontece no inglês e somente poderá ser solucionado através da prática contínua, em que você ganhará habilidades na fala e pronúncia.
Lembre-se, tudo o que é novo traz um certo desconforto no início, mas depois aquilo que você tanto temia, não passará de um fantasma bobo, daqueles de desenho infantil.

3. Não tenha receio de se expor
Já parou para pensar de onde vem o medo de falar inglês? Será que esse temor não tem alguma coisa a ver com o receio de parecermos incapazes perante os outros? Se for o caso, procure conversar com quem possa te ajudar a superar essa insegurança, pois para aprender mais, precisamos nos expor a todo o momento, assim como fazem as crianças em seus primeiros anos de vida.
Troque ideias com quem já tenha mais experiência no idioma e peça algumas dicas de inglês para melhorar sua desenvoltura na fala. Ninguém nasce sabendo, e como diz o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella, o conhecimento serve para encantar as pessoas e não para humilhá-las.

4. Comemore suas vitórias
Para ganhar coragem e seguir em frente, devemos ter algo que nos motive e que nos faça acreditar em nosso potencial, por isso faça algo diferente, em vez de focar nos seus erros, valorize seus acertos e conquistas. Como? Anote em um caderno, post it ou até mesmo em seu computador todos os obstáculos que você já conseguiu vencer no inglês, e quando olhar para essa listagem, tente lembrar da sensação que teve nessa conquista, isso lhe dará mais coragem para subir os degraus da escada do conhecimento.

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre como enfrentar seu medo de falar inglês, coloque em prática tudo o que foi passado para vencer esse bloqueio.

Turbo Slim funciona de verdade

Quando pensamos em emagrecer ou ter uma vida mais saudável, normalmente, a primeira coisa que passa pela nossa cabeça é a privação de alguns alimentos ou então a falta de tempo que temos diariamente.
Conseguimos encontrar hoje em dia, diversos produtos que promete nos ajudar a emagrecer e a manter uma rotina mais equilibrada, mas nem sempre o que é oferecido é verdadeiro, o que pode resultar em problema ao invés de solução.

Antes de comprar qualquer produto que diz ajudar a emagrecer ou trazer mais saúde, é importante que você pesquise sobre ele. Verifique a opinião de outras pessoas sobre a sua eficácia e como foi a experiência de cada um, dessa forma você conseguirá ter uma ideia melhor do que você está ingerindo.

O Turbo Slim funciona?
Nos últimos anos surgiram diversos produtos que prometem ajudar no emagrecimento, um deles foi o Turbo Slim, mas será que ele funciona de verdade?

Para poder entender se o Turbo Slim funciona, é importante que você entenda o que ele é e como ele age no seu organismo. O Turbo Slim é um produto detox, em cápsulas, que reúne tudo que um suco verde tem de bom, o que facilita o nosso dia a dia. Com o seu poder detox, o Turbo Slim ajuda a acelerar o metabolismo, o que é fundamental para quem quer emagrecer, já que com o metabolismo trabalhando mais rápido, o nosso corpo elimina mais gordura. Além disso, ele elimina substâncias inflamatórias e melhora o funcionamento das nossas células.
O Turbo Slim consegue reunir tantos itens importantes para a nossa saúde, pois ele é composto de produtos naturais. Ele é aprovado pela ANVISA e contém substância que protegem o coração, melhoram o sistema imunológico e reduz a fome.

Perdendo peso com o Turbo Slim
Para que você possa ter certeza que um produto funciona, o ideal é pesquisar a opinião de outras pessoas que já o utilizaram. Dessa forma, você consegue entender melhor como ele funciona e se ele será benéfico para você. Com isso, podemos afirmar que o Turbo Slim funciona e que você irá emagrecer consumindo ele.

Inúmeras pessoas já foram beneficiadas com o Turbo Slim, ficando mais magras e ganhando muito mais saúde. Além disso, o produto oferece uma garantia de 30 dias. Caso você tome o Turbo Slim e não note diferença, em 30 dias, você poderá ter o seu dinheiro de volta. O que só comprova ainda mais a sua eficácia.

Para as pessoas que ainda têm dúvidas e que não acreditam nos benefícios do Turbo Slim, o ideal é que elas verifiquem os seus componentes e pesquisem sobre cada um deles, nesse momento elas poderão comprovar o quão benéfico esse produto pode ser e tudo que você tem a ganhar consumindo esse produto. O Turbo Slim é natural e não apresenta contra indicações, o que torna o produto ainda mais atrativo. Experimente por 30 dias e comprove todos os benefícios do Turbo Slim, caso contrário você terá o seu dinheiro de volta, qual o lado ruim?